Menu:
15/mar

Ainda bem que o final desta temporada de Pretty Little Liars é semana que vem, pois meu coração não aguenta mais essa tortura gradativa com relação aos novos comportamentos de Spencer. Para ser bem honesta, o episódio só valeu mais uma vez por causa da liar no Radley e Aria no circo atrás de Malcolm. Só! A lentidão no começo e a ação no final se repetiram como de costume, mas, pelo menos, haverá recompensa quando Spencer estiver diante da Red Coat. Tudo bem que já estou conformada que é Alison e preparada para caso de trollagem. Da última vez que acreditei que não copiariam nada dos livros, Mona honrou a trairagem e fiquei muito decepcionada com isso, porque detesto ser enganada. Enfim, essa parte já foi superada.

 

O corpo de Toby ainda foi pauta no episódio, mesmo sendo óbvio que ele não morreu. Emily continuou com o bom trabalho em tentar descobrir se o garoto está vivo ou morto para trazer Spencer de volta ao círculo social de Rosewood. O trio sem eira e nem beira tentou ajudar da melhor maneira possível, mas Ems foi a única sensata em saber da verdade logo de uma vez ao invés de arrastar o sofrimento. Gosto dela assim! A visita delas à Spencer no Radley foi um sonífero, mas que valeu pelo comportamento incisivo de Hanna. Nada como um Wilden para deixar uma pessoa maluca, né? Por falar no policial, ele nem deu as caras. Para quem está desesperado por um carro, parece até que ele foi para Nova York infernizar a Ashley.

 

Por falar em Hanna, nesta temporada ela só ficou de estepe de Caleb, o que não acho ruim, mas sempre a considerei como uma boa parceira nas pesquisas de Spencer quanto ao “A” Team. Como nos velhos tempos, ela caiu em mais uma emboscada de A, o que achei digno, pois as sms entraram em escassez desde que Mona foi revelada. Essa era a parte legal da série e, por mais que o foco tenha sido revelar cada parte do quebra-cabeça do “A” Team, as mensagens fatídicas de A não deveriam ser cortadas em excesso. Porém, neste episódio, elas voltaram para amedrontar não só uma como duas liars.

 

Depois de ter invadido o necrotério e quase ter pego Red Coat, Aria tomou o maior susto da sua vida e que afetou o relacionamento com Ezra. O efeito Malcolm gerou o que eu esperava: mais um fim para Ezria. Claro que essa questão ficou meio em aberto, sem uma despedida propriamente dita. Achei bem bonitinho o professor se recusar a voltar a namorar escondido com a garota, algo que achei um sinônimo de respeito e de amor. Afinal, Ezra tem tudo para se tornar pai para valer e ficar com Maggie, mas ele já deixou claro para toda Rosewood ouvir que ele quer Aria.

 

Ezra realmente a ama e vice-versa, mas com Maggie e Malcolm na parada, era óbvio que a ponta mais fraca iria despencar e, logicamente, que foi o lado de Aria. Como a personagem disse, é melhor ela sair magoada dessa situação que se tornou completamente insustentável. Realmente, a liar tinha muito a perder nessa confusão familiar do namorado e não a julgo por querer pular fora.

 

Caleb conseguiu o auge da atenção e Tyler da interpretação. É muito estranho ver um personagem como o dele, que sempre foi centrado, leal, impulsivo e justo, especialmente no que condiz à Hanna, abrir o berreiro com o emocional extremamente aflorado. Ele despejou uma dor acumulada com relação ao pai e foi aquele tipo de cena que todo mundo fica calado, sem ter o que fazer. Foi doloroso assistir Caleb jogar na cara de Jamie os maus cuidados da infância, o abandono e a necessidade de ter que amadurecer muito cedo por falta da responsabilidade de um homem que era para agir como pai.

 

Por mais que Jamie não tenha roubado o sino, acredito que Caleb precisava desabafar esse poço de sentimentos e aliviar o peso dos ombros. Agora que A mostrou as garras e comprovou a inocência do pai do rapaz, lá vai Caleb e Hanna voltarem a ficar na berlinda por causa de um deslize. Bem, foi um dos deslizes mais verídicos de PLL. Porém, não aguento mais ver os casais da série se desmancharem e espero que preservem até a conclusão desta temporada o namoro dos dois. Como Hanna disse, Caleb sabe dos movimentos de A e eu espero que ele entenda e a perdoe pela burrada.

 

Eu sabia que Wren não era de confiança e agora gosto muito menos dele. Não acredito nem um pouco que ele tenha autorizado a entrada de CeCe no Radley por ter um bom coração, ainda mais tendo Melissa envolvida nesse caos todo. Mesmo com toda a fofura, o sotaque irresistível e o carinho por Spencer, não confio e nunca confiei nele. Wren sempre demonstrou certa safadeza, desde que tinha um relacionamento com a Hastings mais velha, ligação que, pelo visto, continua muito bem. A irmã de Spencer comprovou mesmo sem estar presente que, no dia da morte de Ali (se é que houve morte mesmo), ela estava de camarote para assistir. Mas o papo de CeCe querer salvar Mona é um fingimento descabido hein?

 

A alucinação ou realidade de Spencer ao ver Ali foi sensacional. Sem contar a cena de Veronica com a garota que recebeu uns tapas na orelha. Eu acredito que tenha sido Melissa, pois não consigo imaginar outra mulher com tanta raiva da menina a ponto de perder as estribeiras e partir para a violência. Como Ali disse para Spencer, a força feminina consegue ser maior que a masculina, ainda mais quando tem muito ódio acumulado.

 

Spencer foi a caixinha de surpresas do episódio. Depois de se assumir como a nova (ou antiga) membro do “A” Team, podemos dizer que o season finale realmente promete e muito. A ilusão dela com Ali foi realmente de arrepiar e me fez voltar no tempo quando Mona estava internada com suas bonecas malignas soltando a voz naquele mesmo quarto. Não fiquei indignada ao ver a liar assumir um posto na equipe A, pois só assim terá sentido ela encontrar Red Coat semana que vem. Nada funciona de graça, né gente? E, outra, isso só me dá esperança de que Toby gosta dela, pois jamais Mona ofereceria esse convite bem inusitado para a mais inteligente e investigativa das meninas, só porque é legal torturá-la mais um pouco.

 

Isso me faz crer que o objetivo de Mona em surtar Spencer foi para recrutá-la de maneira que a liar não conseguisse recusar e nada mais significativo que fazer isso por meio de Toby. Spencer tinha todos os motivos para aceitar o convite de sua então nova BFF, porque só assim ela entenderá o que aconteceu com Ali, lerá os diários e saberá o que diabos aconteceu com o (ex) namorado. Eu também não recusaria um convite que poderia me fazer dormir melhor à noite (ou não!).

 

Mas que foi sinistro ver Spencer tirar o uniforme do “A” Team de dentro do travesseiro, foi sim.

 

Nem precisa de muito para saber que Toby está vivo, pois o corpo que chegou ao necrotério estava com a tatuagem borrada. Pela análise da mãe da Emily, o corpo totalmente fraturado só me traz Jason na cabeça. Ele foi o único que se arrebentou nos últimos episódios, fugiu e, teoricamente, pode ser considerado como “uma pessoa perdida”. O corpo do necrotério que Emily abriu o saco me deixou na dúvida sobre ser ou não do investigador que ajudou Spencer a vigiar Toby. Dei uma vasculhada nos Tumblrs da vida e a galera cogita essa ideia também. Bem, não seria nada surpreendente, pois o personagem não tem mais uso.

 

A cena do circo deu mais pano para manga, especialmente no que condiz ao sino da igreja. Quando Aria entra no “carnaval”, um membro vigiou a entrada dela, totalmente fantasiado. Depois, uma garota chamada Alison busca Malcolm no karatê e o leva até lá. Depois o menino fala que um homem contou que teria uma nova apresentação. Isso da Red Coat e mais um homem (ou dois?). Daqui a pouco, o “A” Team se revela maior que a torcida organizada do Corinthians. Mas nada disso me impede de questionar as relações entre Wren, CeCe, Melissa e até mesmo Wilden. Eu já penso na tese de ser grupo de confronto, algo que idealizo desde que o N.A.T. Club veio à tona. Se Ali for realmente Red Coat, ela não está fantasiada a troco de nada. Ela quer dar uma lição em alguém e, com Spencer no grupo, é fácil pensar que os inimigos nunca foram as liars.

 

Pelo menos, o fato de colocarem uma das meninas no “A” Team foi uma promessa que foi cumprida, embora eu quisesse a Aria. E o que acontecerá na festinha dos fantoches?

 

Cadê o season finale? Grata!

Stefs
Postado por:       

       
Aproveite para ler também
Escreva seu comentário antes de ir <3