Menu:
20/maio

O episódio de formatura não teve nada. Houve os momentos de tensão, mas o resto ficou voltado para o lado emocional, o que deixou este season finale de The Vampire Diaries bem inferior em comparação aos das temporadas passadas. De épica, não teve nada também, pois a trama foi tão arrastada que parecia que tinha 1 hora de duração. Sem contar que tudo foi resolvido da maneira mais fácil possível. Chego aqui e afirmo que esta não é minha temporada favorita. Ela não ofereceu nada de interessante e nada de novo. Tudo porque o plot principal se concentrou nos dilemas de Elena e isso levou os personagens a ficarem ao redor dela sem uma storyline de destaque.

 

A trama se perdeu incontáveis vezes. Os personagens perderam o valor e a essência que costumavam ter. É impressão minha ou o season finale não foi nem um pouco emocionante? No meu ponto de vista, o elo, a cura e Silas foi uma enrolação de trama homérica, sem objetivo algum. Só para vocês terem uma ideia, estou dominada por um sentimento de vazio, o que me impede de chegar a uma conclusão plausível sobre o final desta temporada, mas sei que ela não foi criativa e perdeu o fio da meada em diversos pontos.

 

Eu achei que choraria litros com este season finale, como aconteceu nas temporadas passadas, mas esse comportamento chegou bem perto na hora da formatura. Eu achei que dariam importância a isso, pois é o nome do episódio, mas o Ghostpalooza liderado por Kol quebrou todo o clima. Por se tratar de um ritual de passagem dos personagens, acreditava que esse ponto seria mais especial, aquele que me faria chorar litros, pois, apesar da existência de Silas, não deixa de ser um momento cheio de esperança para o futuro. Porém, um bando de fantasmas ganhou foco, acompanhado da bendita escolha da Elena. O season finale não teve uma prioridade e misturou vários plots que não serviram de nada por terem resultados muito óbvios.

 

Não tinha porque colocarem duas formas de ação no episódio, só para dar o que fazer a uma parte dos fantasmas que se dividiram entre a turma liderada por Kol e os caçadores. Ficou meio sem lógica, pois nenhum dos dois lados conseguiu o que queria. O Original fez todo o caos para terminar barrado por um feitiço de uma Bonnie que não tinha poder nesse momento em específico. Ou focavam em uma coisa ou em outra. Sério! Eu amo o Kol, mas a presença dele depreciou a formatura. Da cena dos formandos, a parte mais bonita foram os ataques esperançosos de Caroline, Stefan de capelo e beca (own!) e o abraço grupal. A interrupção bruta de Kol nem me deu tempo de deixar as lágrimas rolarem.

 

Para contrabalançar o peso da trama, tinha que ter os momentos lindinhos. Foi muito bom ver Elena mais amena ao lado de Ric e Jeremy. Vê-la sorrir faz toda diferença e me fez ver o quanto foi estúpido aniquilar dois personagens essenciais na vida dela (pelo menos, antes de saber que Jeremy voltaria à vida). Só achei meio bizarra a ausência de Jenna. Ela teve uma morte tão brutal que nem tiveram a sensibilidade de ao menos darem uma menção honrosa. Isso me deixou bastante chateada, ainda mais quando se teve uma dose excessiva de Ric em Mystic Falls, que parece que ficou tapado também, como acontece com todo mundo que fica ao redor da Elena. Nessas horas que condeno a criação de um monte de personagens, pois, no final, os produtores não dão conta de tanta gente.

 

O romance e a amizade também tiveram sua vez. Stefan e Lexi brilharam, ambos cheios de estilo e energia ao som de Bon Jovi. Toda vez que vejo Lexi, tenho vontade de arrancar meus olhos por não aceitar a morte dela. Quando a vampira atacou Damon, me senti representada, e ela bem que poderia torcer o pescoço dele. Até o fim, a diva mostrou que tem dignidade. Lexi sempre prova que é a única capaz de fazer meu Tefinho se sentir bem, meio em paz consigo mesmo, sem sofrer a pressão da presença do irmão e até mesmo de Elena.

 

Ambos formam um equilíbrio perfeito que não deveria ter sido destruído. Sem dúvidas, as cenas entre os dois amigos foram as melhores e fizeram este final de temporada mais fácil de ser tolerado pela minha pessoa. Adorei ver Stefan com senso de humor, bêbado e empolgado, mas acho que ele só se comportou assim para adiantar o óbvio: a escolha de Elena por Damon.

 

Este ponto é meio delicado para ser debatido, pois prometi que não comentaria nada mais a fundo sobre shippers, pois simplesmente não compensa. Plec manterá esse círculo vicioso, dominado por palhaçadas, umas seguidas das outras, e é algo que não me satisfaz. Sou a favor dos Salvatore seguirem a vida e não se prenderem à Elena, que sempre os humilha quando tem oportunidade e é perdoada porque os dois a amam demais.

 

No começo, eu até acreditei que Elena escolheria Stefan, pois Damon estava muito autoconfiante, como se realmente tivesse voltado a ser o que era antes. Isso me deixou feliz, pois o Salvatore é muito melhor sem a vampira, por ter mais senso de humor. Na verdade, os dois irmãos ficam melhores sem ela. O Salvatore foi um fofo ao dar a cura de presente de formatura para Elena, achei bacana o esforço dele ao tentar convencê-la de que ela precisava da substância, mas o que me matou antes da escolha da vampira por ele foi o repeteco da frase registrada de Damon: eu não sou o cara para você. Eu quis me jogar da janela, juro!

 

Mas os clichês no diálogo do triângulo amoroso não pararam por aí. O começo foi com o papo do Damon não ser o cara certo (de novo!). Depois, Elena emendou e falou que o Salvatore é o cara que a faz se sentir viva (deu sono!). Para me matar, Lexi (por que ela, Deus?) foi a personagem escolhida para afirmar ao Stefan que Elena sempre será o amor épico dele. Outro repeteco foi Damon ser contaminado de novo por sangue de lobisomem e, claro, Klaus aparecer como banco de sangue. Coisas fáceis, a gente só vê em TVD.

 

Pergunto: Cadê o senso de criatividade? Cadê o envolvimento? Cadê aquela vontade de pular de raiva ou de susto que TVD sabia oferecer? Cadê a emoção dos casais e dos diálogos que eram dignos de serem quotes do ano? Quem souber a resposta para todas essas questões, favor, comparecer aos comentários.

 

A decepção que eu passei com a construção do romance, especialmente de Damon e Elena, nesta temporada me fez ficar imune a Stelena e a Delena. Porém, consegui chegar a uma conclusão aceitável. Elena e Damon viveram uma mentira por causa do elo. Ok! Algumas pessoas acharam lindo, mas jamais iria querer uma forma de amor condicionada a algo ou a alguém. Isso não é amor. Eu fiquei muito revoltada com o que fizeram com o casal, pois conheço uma galera que esperava o momento lindo deles ficarem juntos e a desculpa para fazerem isso acontecer foi a invenção do elo.

 

Elena já estava apaixonada antes, será que não poderiam explorar os dois juntos de uma maneira mais interessante? Com a invenção do elo, meio que pareceu um “cala a boca” e eu fiquei com a sensação de agora é a vez do seu shipper, vai ser desse jeito e não reclamem. Engula o que oferecemos e é isso aí.

 

Na época, eu era muito frívola com relação à Stelena e, se isso tivesse acontecido com meu antigo casal de preferência, eu teria largado a série sem pensar duas vezes. O que vi entre Delena foi uma palhaçada sem escrúpulos e, com a nova escolha da Elena, haverá uma oportunidade deles viverem o sentimento de verdade. Eles têm a chance de um reboot no relacionamento e espero mesmo que seja algo bonito e sincero, pois qualquer Delena merece isso com dignidade e respeito. Afinal, foi muito tempo de espera e o elo foi uma babaquice.

 

Pausa para falar do Tefinho!

 

Stefan Salvatore. O maior guerreiro desta temporada, sem sombra de dúvidas. O personagem amadureceu as duras penas, influenciado pela dor do abandono de Elena. O amor realmente nos transforma e há quem diga que nos fazem melhores. Eu pensei que ficaria irritada com a escolha de Elena por Damon, mas nada se comparou aos absurdos que se seguiram contra o Stefan até o final do episódio. Será que tirar a mulher da vida dele não foi o suficiente? Será que fazê-lo sofrer de novo não era o bastante? Elena mudou, eu sei, e a versão vampira dela combina muito bem com Damon, mas dispenso a maneira como ela chutou Stefan, dando a cura como um prêmio de consolação. Elena é tão cínica que não pediu desculpas como o Salvatore merecia, como se o agradecimento apagasse as porcarias que ela disse a ele, pressionada por Rebekah lá na biblioteca da escola.

 

O senso de hipocrisia voltou com tudo para Elena atrelado ao sentimento de covardia. Custava ela preparar Stefan para mais uma nova desilusão amorosa? Não né? Não achei nem um pouco lindo ou romântico a maneira como a vampira simplesmente deu a cura para ele, como se fosse a pessoa mais altruísta do mundo, como se a atitude a imunizasse do que fez quando estava com Damon e sem humanidade, como se ela fizesse um grande favor para um cara que se ferrou de todas as maneiras possíveis e inimagináveis pelo bem-estar dela.

 

Agora eu sei porque a maioria das mulheres preferem os canalhas (piada infame para animar, gente!).

 

Elena não foi egoísta, nem nada, ela estava muito bem sensata e poderia jogar limpo com o Stefan. Ela tinha a chance de ouro para voltar a ser um pouco mais respeitada, mas não deu muito certo.

 

Acho que Stefan não teria lidado tão bem com o baque da informação se não fosse por Lexi que lhe falou tudo o que ele precisava ouvir e permitiu que ele não se afundasse tanto na tristeza, mesmo estando nítida em cada traço do rosto dele. Não há uma única alma gêmea para cada pessoa, mas milhões. E diz a lenda que almas gêmeas não terminam juntas no final, o que torna esse amor épico. Foi realmente triste ver Stefan dar as costas, mas com a cabeça erguida e com uma dignidade que Damon jamais teria.

 

Katherine, humana?

 

season finale não se esqueceu da cura, o que reforça a falta de necessidade de dar trabalho aos fantasmas. A substância perdurou por inúmeros episódios, saiu do status de lenda para ser real, e terminou, literalmente, goela abaixo de Katherine. Por favor, me digam que ideia de jerico foi essa? Katherine humana? Quem achou essa ideia incrível, por favor, se joga! Aniquilaram uma das melhores personagens da série para dar vantagem à Elena. Por favor, Plec, o que te deram para fumar ao longo desta temporada? Quando vi isso, saíram tantos palavrões da minha boca que seria deselegante citá-los aqui.

 

Confesso que a luta entre Elena e Katherine foi mais digna em comparação a do episódio passado. Adorei Kath dando uns kick na doppelganger. Não sei se vocês notaram, mas todo o discurso cheio de recalque por ela não ter a vida de Elena foi só um respaldo para o que estava reservado no final das contas. E foi um discurso que não cola, né? Katherine com inveja de Elena? Bitch, please! Pelo menos, ela poderá viver como humana, ir para a escola e ter uma festa de formatura. A personagem deixou de ser um perigo e pode ser feliz. Claro que ela não vai aceitar ficar desse jeito, até imagino ela pagando propina para ser transformada de novo. Imagino a reação do Elijah. Algo me diz que ele ficaria feliz, pois não seria mais manipulado por ela.

 

Sobre os personagens secundários, fiquei tão feliz por Matt e Rebekah finalmente acontecer. Isso que é construção de shipper minha gente, algo gradativo e real, não um flerte e depois sexo. O mesmo digo sobre Klaus e Caroline que deixou meu coração todo meloso. Não tem como resistir às covinhas do Joseph, né? Nem os olhinhos brilhando pela vampira. Só não curti a ideia de Tyler ser liberado do castigo, pois não gosto dele. Contudo, se Klaus quer ser o último amor de Caroline (own!), ele terá que começar a agir de forma mais madura. Não podemos esquecer que o bonitinho será pai e nem mencionou essa obra de arte para a amada.

 

Vou abrir um parênteses agora. Plec comentou certa vez que não tem medo de aniquilar personagens. O problema é que ela escolhe aqueles que têm mais potencial. Bonnie pode não fazer parte desse grupo, mas a morte dela continuou vazia e sem sentido. Pior que isso, foi o retorno de Jeremy. WTF? Elena passou por tudo aquilo para ter o irmão de volta? Com um estalido? Que vida fácil, hein? Quero morar em Mystic Falls, porque sempre tem estepe para tudo.

 

Damon e Elena. Katherine humana. Stefan no fundo do mar e doppelganger do Silas. Isso era a reviravolta? Isso era para ser épico? Seria épico se Elena fosse parar no fundo do mar, Katherine se tornasse imortal e Silas tivesse Damon como sombra. Aí sim veria vantagem e ficaria chocadíssima. Estou completamente desencantada com este finale, sério. Especialmente depois do ocorrido com Stefan.

 

Termino este review ainda sem saber como me sinto com relação ao season finale. Não senti o impacto da trama e a única coisa que me balançou foi Lexi e Stefan. Nem Ric, todo gracinha, me deu aquela sensação de nostalgia boa, mas fiquei triste pelo Damon que queria comemorar a vitória de ter Elena com o amigo de copo. Como disse Bonnie, nada é como queremos. Foi bom ter os fantasmas da galera para matar as saudades, mas não foi o suficiente para me fazer ficar extasiada como costumava acontecer e, admito, não estou nem um pouco empolgada com a próxima temporada.

 

Fica em aberto minha decisão de continuar a escrever os reviews de The Vampire Diaries.

Stefs
Postado por:       

       
Aproveite para ler também
Escreva seu comentário antes de ir <3
  • heyrandomgirl

    Oie, Camila, tudo bem? Obrigada pelocomentário *_*

    A Lexi é a coisa mais linda de ser ver, viver, amar, enlouquecer. Ainda não consigo aceitar a morte dela, fim da história :( HAHAAHAHHAHAHA

    A Elena podia ter um AVC nessa temporada, nem me importaria Hahahahah

    Beijos *_*

  • Camila Morais

    Falou tudo.
    Minha única alegria foi ver a Lexi.
    Meu único pensamento… MORRA ELENA GILBERT!

  • Isis Renata

    só devo dizer que acho que a série quis inverter os papeis Elena/Katherine? sei lá nossa vai ficar ainda mais confuso! ><
    e eles queriam mesmo o Tefinho sofrendo horrores na temporada. parabéns! u.u
    e voltar o Jemery? eu amo o garoto e tudo mais, mas mew ele tarra morto a dias, e que isso, a Bonnie virou Deus então, e nem Deus faz essas coisas.
    morreu morre, pelo amor de Deus! (falei deus 3vx) hahaha
    nem devo comentar muito, afinal não sou super fã da série, me tornei pessoa que acompanha e gosta, mas mesmo somente sendo espectadora, a serie decaiu bastante, a anterior de fato foi bem mais emocionante.

    boa sorte para o que virá prima
    um beijo, te amo, tchau

  • heyrandomgirl

    Simmm! Anularam a Katherine para fazer a Elena parecer a bad ass da vez. Vê se posso com isso?

    Não dá pra medir o que foi pior no episódio, pois nada fez sentido. Ainda mais pq ainda estou com raiva pelo que fizeram com o Tefinho u.u. Superjusto o Jeremy voltar e o Stefan ir para o fundo do mar. Uau! Tão poético #ironia

    kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk nem Deus explica este episódio, tenho dito!

    Ah! Fico até aliviada em vc dizer isso, prima, pq até acho que sou mto chata em pontuar certos detalhes, mas é mais forte que eu. Sem contar que não consigo ficar sem dar pitaco, no caso de TVD, claro. Hahahaha

    Beijossss! Se não tiver TVD tem The Originals. Hahahaah