Menu:
02/ago

O oitavo episódio de Pretty Little Liars só se salvou pela presença da Mona. Se não bastasse a personagem ter sustentado a temporada passada inteira, a presença dela, mesmo escassa, ainda consegue alavancar a trama que está um completo sonífero. O caso Wilden já me gastou e não aguento mais esse assunto. Acho que está mais do que na hora de investir em outro suspense, pois a morte do policial, e até mesmo o mistério da mãe de Toby, não apresentou a pimenta necessária para me fazer morrer de ansiedade. Wilden morreu, e daí? O que vem depois? Cadê as “ibagens”, como diria o Datena. O seriado entrou na fase vamos enrolar até a summer finale, fato!

 

O episódio teve muitas partes chatas e descartáveis. Muito me espantou que a pauta Nigel não tenha retornado. Não desejo que a resposta do suspense proposto para ele e sua baby Jenna seja descoberto de uma hora para a outra, mas repito (como de praxe): é frustrante ser incitada com uma coisa e esperar 5 episódios para o assunto voltar. Isso acontece com personagens também e eu fico possessa (mas nem consigo largar PLL). De todos os fatos levantados até aqui, neste último episódio, nada foi trabalhado, a não ser o chatíssimo caso Wilden que ganhou um toque de charme e elegância por parte de Mona.

 

Ao longo da review, percebam como é chato repetir “o caso Wilden”. Vocês vão entender como me sinto quanto a esse assunto em Pretty Little Liars.

 

Pretty Little Liars (4x08) - Hanna e Mona

Falando em repetir, ao longo da trama a ordem foi “mentir”, palavra que fez parte do diálogo de alguns personagens. A começar por Hanna que convocou Mona para ajudá-la a inventar uma mentirinha sobre o caso Wilden (de novo!). Essa cena foi a melhor do episódio, claro que não bateu com o final dele, com um novo toque de Norman Bates, mas adorei a aula de ser uma boa mentirosa dada por Mona. Hanna é uma péssima liar, não no quesito atuação, mas por ser a primeira a cair no fundo do poço. As interações delas foram muito boas e Mona, mesmo sem objetivo algum, conseguiu provar mais uma vez que chama atenção, que arrasa e que é autossuficiente. Ela brilhou muito mais que as liars, como sempre.

 

Frisando: não é a primeira vez que Hanna e as outras liars lidam com A. Isso quer dizer que elas deveriam sair da bolha imatura, algo que me choca, pois o quarteto deveria saber que a vida delas não mudará tão cedo. Digamos que o “A” Team já foi mais trash e o quarteto costumava ter sincronia na hora do trabalho. O que vejo agora é que cada uma está por si e é isso aí!

 

Pretty Little Liars (4x08) - Hanna e Caleb

Caleb foi outro que rendeu uma pauta sobre mentiras. Toda vez que ele surge, questiono o que ele fará em Ravenswood. Tudo bem que o relacionamento dele com Hanna começou a ser abalado para dar respaldo ao término, mas é muito bacana vê-lo em ação. A cena dele com Ashley foi excelente, pois mostrou mais uma vez o quanto ele é sincero e preocupado com Hanna. Eu gosto muito de Haleb, ainda mais por saber que, de certa forma, ambos se tornaram alicerces um do outro ao longo das temporadas de Pretty Little Liars.

 

Por que Haleb terá um fim mesmo? Por causa do Mike? Really?

 

Jamais que Hanna teria tanto jogo de cintura se namorasse um cara que só tem rostinho bonito como o Wren, uma gracinha, concordo, mas que não inspira confiança. Nada contra Wrenna, só acho que nenhuma liar merece esse gatinho mentiroso. Só se for para tirar casquinha, true story!

 

Achei muito boa a iniciativa de Ashley pedir ajuda para Caleb, a fim de tentar controlar a mágoa de Hanna. Ele é tão sincero que foi mágico ele dizer à namorada que achava que a mãe dela fosse realmente a assassina de Wilden. Nem posso julgá-lo, pois atribui a culpa a ela também (me julguem!), pois as peças criminais se encaixaram de maneira muito perfeita. Eu pensei em autodefesa, o que faria sentido, e acharia divo ela ter sido a rainha do crime.

 

Pretty Little Liars (4x08) - Pam e Emily

Pam me deixou muito triste e o engraçado é que Emily continua na vibe de querer sair de Rosewood, sendo que a responsabilidade dela é apoiar a mãe, ainda mais por ela ser a culpada de incitar o inferno astral na vida dos Fields. Ora, Ems causou, mesmo sem querer (eu quero acreditar nisso, mas a culpo demais), a demissão de Pam. A ideia de mais um trabalho voluntário, que trouxe um rostinho fresco cujo nome é Zoe, é muito boa, mas nada conveniente. Poxa! Emily está cheia de problemas, viu a casa dela ser destruída, os pais serem cercados pelo serviço social e o ombro dela está destruído. Que desespero é esse de sair pela tangente? Ems, você está fazendo isso errado!

 

Sério, Emily merece uns tapas! Ela deveria abaixar a bola e focar na família. Pam está com o mundo nos ombros e tem que lidar com as malditagens de A, sem saber quem é o/a hater da vez. Pelo amor! Será que poderiam, ao menos, mostrar que a liar se importa? Nem que seja um pouquinho? Aquele abraço mãe e filha, com Pam aos prantos, não foi o suficiente para mim. A Sra. Fields precisa de apoio moral da filha, pois ambas estão sozinhas.

 

Pretty Little Liars (4x08) - Veronica

As Hastings arrasaram e fiquei até com saudades da Melissa. Veronica é tão diva que eu quero ser como ela quando crescer (comoassem?). Ela é 2@#@$ demais tanto no jeito de falar como no de se vestir. Não é à toa que ela é a mãe da melhor liar. Por favor, deem destaque a essa mulher, porque ela merece. O que acho bacana no plot de Spencer é que o assunto família não é deixado de lado e os membros dela, de alguma forma, são citados. Peter não estava lá, mas queria jantar com a filha, algo que poderia acontecer com Tom, pois ele deveria estar com Hanna, que está sozinha em casa, livre para pensar bobagens. De onde já se viu, produção?

 

Pretty Little Liars (4x08) - Spencer

Enfim, adorei o jeito safadinha de Spencer para cima de Beckett, mais um new face em Pretty Little Liars. Eu até achei o rapaz simpático e ficou óbvia a maneira como ele desejou o corpo da minha querida liar. As expressões dela, que indicavam o quanto ela estava ciente dos efeitos que causava sobre o estagiário da mãe foram sensacionais. Sentia falta dela assim, toda sapeca para conseguir o que quer. Juro que, por mais que meu coração seja Spoby, não senti falta do menino Toby, que também foi mergulhado no sonífero. Neste episódio, Spencer estava bem melhor sozinha.

 

Para não dizer que não teve assuntos relevantes, Spencer arrasou nos biscoitos para o E. Lamb. Nossa, ri demais, ainda mais com a cara que ela fez. É muito incrível essa personagem. A Troian é #$#%#$, vamos combinar. A abordagem do suposto suicídio da mãe de Toby ganhou uma nova faceta que está interligada com quem? “O caso Wilden” (vejam ele aí de novo!). Essa história ainda federá muito. Eu só acho que falta um pouco de flashback, especialmente quanto à vida do policial. Não é possível que ninguém em Rosewood não tenha cruzado com esse cretino, por favor. Deixar só nas mãos das liars é muito fácil.

 

Aria ficou na dela o episódio inteiro, preocupada com Mike, mas matou as saudades do Jake. Acho que a liar deveria investir em um romance, respirar novos ares, explorar novos músculos e ser feliz da vida. Ezra está focado na família, especialmente em Malcolm, todo paizão para cima do menino. Está na hora de um novo shipper, grata!

 

Pretty Little Liars (4x08) - Mona

O desfecho deste episódio de Pretty Little Liars foi de arrepiar! Mona mostrou que é awesome, mas pagará pelas consequências (não muitas, imagino), pois as meninas ficarão naquele bafafá de que sabiam que ela não era confiável, que ela era uma cretina e mimimi. Hanna ficará a favor dela e duvido muito que será ouvida. Para quem já tinha desconfianças demais por ser uma antiga membra do “A” Team, sinto que as coisas ficarão mais intensas. Porém, sabemos que Mona sabe ser safada e não acho que ela dure muito tempo presa.

 

Se é que ela será presa… A dúvida fica no chão do qual A se empenhou para furar. Imagino que seja o quarto de Spencer. Estou muito errada?

 

Espero que semana que vem tenha mais ação e menos sonífero, pfvr!

Stefs
Postado por:       

       
Aproveite para ler também
Escreva seu comentário antes de ir <3
  • heyrandomgirl

    Ownnn obrigada, Janaína *_* Fez uma menina mto feliz, love* Hahahaha

    Beijossss!

  • Janaína Poderon

    amei ! muito bem escrito!