Menu:
28/fev

Quase perto do season finale, esta semana o episódio de Pretty Little Liars teve um peso emocional muito forte. Aria e Spencer foram as personagens de destaque, ambas fora de si por motivos completamente diferentes. Ezra não deu o ar da graça, o que era esperado depois do falatório que ainda não se sabe se é verdade ou mentira, pois as indagações em torno do caráter dele continuaram. O tenso é que o professor não estava presente, mas a ausência dele conseguiu ser muito mais incômoda, como se ele estivesse à espreita o tempo todo. Para confrontar esse climão, as liars bem que tentaram se manter juntas, mas todas tiveram que contribuir com o episódio por meio de outros impasses, individualmente.

 

O episódio deu sequência ao que aconteceu na semana passada. Aria contou para as amigas a treta com Ezra e sinalizou o quanto está atormentada com a punhalada nas costas. Mais uma vez, não houve uma confirmação se ele é A ou parte do “A” Team, o que me deixou nos nervos de novo, pois já deu tudo o que tinha que dar esse assunto. A conversa entre o quarteto só ficou mais interessante quando Aria revela que Ezra acusa uma das meninas de ter machucado Ali. Eu não me lembro dele ter comentado isso na semana passada ou eu dormi no ponto? Todo caso, a ponta solta rebateu em Spencer (que estava toda de preto) que ficou atordoada com a suposta acusação.

 

Para aliviar o estresse, Emily fez perguntas pertinentes, como indagar a falta de apoio de Ezra sendo que ele não é – supostamente – membro do “A” Team. Por que ele não protegeu as meninas enquanto eram assediadas por A? Ou ele está envolvido com o babado ou faz parte do time de escritores egocêntricos que só querem saber de usar as pessoas e ganhar sucesso em cima delas. Eu prefiro que ele seja A a ser um babaca que fez o que fez para ser um best-seller.

 

Foi bem triste e nostálgico o flashback que trouxe o momento em que Aria e Ezra se conheceram. Deu uma saudade dessa época! O episódio em si foi nostalgia pura ao relembrar trechos da primeira temporada. A lembrança do professor foi tão marcante na vida da liar que é compreensível vê-la agir como uma maluca. Ela estava em completa negação, o que acarretou patadas e surtos que a guiaram até o apartamento de Ezra a fim de ter uma segunda confirmação em cima da conversa que ambos tiveram na semana passada. A situação de Aria foi bem triste, especialmente quando ela se rebela e destrói o apartamento dele. Ou melhor, quase destrói. De todas as coisas que poderiam deixar o professor furioso, a máquina de escrever foi poupada. Seria um sinal de amor e de respeito? Nah! O objeto estava diante dos olhos dela e o foco da câmera ficou certinho na liar e na máquina, como se tirasse sarro. Eu fiquei que nem uma tonta pedindo para ela derrubá-la, mas nada aconteceu. Seria uma atitude suspeita? Não sei, mas não tem cabimento. Se ela queria cutucar o ex, a máquina de escrever deveria ser a primeira coisa a encontrar o chão.

 

A ira de Aria também serviu para colocar em cheque a verdadeira índole do professor pela milésima vez: ele é ou não é membro do “A” Team? Por mais que o discurso dele na semana passada tenha sido pura lorota, pois nunca foi mencionado na série que ele queria ser jornalista ao ponto de dar um de Capote para fazer um livro investigativo. Ele sempre ficou no posto de escritor. O que me chamou a atenção para a suposta inocência do personagem e sobre a veracidade do que ele disse foi no momento em que Aria encontra com extrema facilidade todos os arquivos que pertenciam ao covil dele. Todos bem organizados, de fácil acesso, inclusive os que estavam em Ravenswood. Até um diário Aria conseguiu de mão beijada, cujas anotações se referiam à rotina das garotas, bem como fotos e afins.

 

Se Ezra fosse membro do “A” Team, jamais deixaria aquilo disponível como se fosse uma biblioteca, ainda mais porque era claro que Aria voltaria ali para terminar a discussão por estar fora de si. Ele deixou todos os arquivos de graça e eu pensei: será que ele quer provar inocência? Daí, lembro-me de todos os rebotes de A: e se aconteceu alguma coisa com Ezra e não deu tempo dele retirar tudo do apartamento? Ele simplesmente “sumiu” do mapa. Pode muito bem ter sido por vergonha de Aria ou porque ele está com os dias contados, algo muito típico para uma temporada que está prestes a terminar.

 

Quando se pensa no risco de vida de Ezra, Aria encontra uma carta que aprovou a publicação do livro sobre Ali e as liars. O único detalhe que falta é uma conclusão algo que, possivelmente, será dada pela própria Ali no season finale. O professor está em NY para negociar o dia de lançamento, mas será que é ele mesmo? E se foi A que estava lá por ter pego as folhas que foram jogadas no ar? Isso indicaria um homem, pois, geralmente, escritores mandam o manuscrito e aguardam a resposta. Eles não precisam ir pessoalmente. Isso dá brecha para qualquer um se passar por Ezra, pois, em tese, ninguém sabe como o professor é fisicamente. No final do episódio, alguém queima as folhas, o que leva a crer que Ezra nem deve ter chegado ao aeroporto. Ou esse membro que continua misterioso é parceiro/a dele ou o lado maligno da coisa toda. Sei lá, às vezes, até acredito que o personagem é inocente e que gostava de Aria, mas a atitude dele em publicar o livro de qualquer jeito só me prova que ele é, em tese, um belo de um sacana (supondo que tenha sido ele lá na editora, claro, pois tenho minhas dúvidas).

 

Quem também chegou ao limite da razão foi Spencer e estamos cada vez mais perto do segredo dela. Tudo bem que o que foi apresentado foi até que suficiente, mas as reticências do que veio depois precisa ser revelado antes que eu tenha um AVC. No flashback, Ali e Spencer travavam uma briga ardilosa. Sobre quem? Não se sabe! Mas a pá estava nas mãos da minha liar preferida e, se for para pensar em tudo o que foi relatado sobre o que feriu Ali, no mínimo, Spencer lhe deu a pancada, achou que ela morreu e a enterrou viva. É trágico pensar assim, ainda mais porque faltaria o figurino sujo de terra, mas não deixa de ser uma possibilidade que casa perfeitamente com a alucinação em preto e branco dela, onde Ali a acusou o tempo inteiro. Agora, tudo o que a Queen disse sobre a liar faz sentido. Spencer mostrou uma dualidade perigosa neste episódio, que ficou bem clara quando ela visita Jessica a fim de saber as respostas do que aconteceu naquela noite. Ela simplesmente sai de si quando está sob medicamento. Uma viciada raivosa e perigosa que, como foi comentado na semana passada, não se lembra do que faz.

 

O confronto de Spencer com Peter foi a cereja do bolo. Ficou comprovado que ela usava medicamentos na noite em que Ali desapareceu e que as garotas brigaram tendo como testemunhas CeCe e Jessica. O retorno ao apartamento de Ezra também serviu para resgatar a foto tirada, onde há a sombra dela, bem como o cartão do detetive supostamente pago para vigiar Melissa que, pelo que deu a entender, perseguia Spencer com o intuito de saber se ela foi responsável pela morte de Ali. Eu achei essas sacadas sensacionais, pois as coisas começam a se encaixar. Se Spencer realmente tentou fingir uma morte sem sucesso, as memórias dela no episódio preto e branco deram muitos indicativos. Não só da culpa que ela sente, mas de quem Ali tem medo e o por quê. A liar tem problemas mentais sérios, pelo que parece. No aguardo da revelação na íntegra.

 

A única coisa que desejo é que Spencer não termine na reabilitação de novo.

 

Longe dos atritos emocionais, Emily rendeu pano para a manga e eu queria arrancar os cabelos dela. O dinheiro para Ali não foi roubado e Shana fez o pedido para que a liar depositasse a grana. Até aí, tudo bem, mas Paige tinha que bancar o Chaves e causar. Eu achei muito suspeito o comportamento dela, de seguir a namorada, como se fosse a dona da cocada preta. A conversa entre as duas me tirou do sério e quase me joguei no chão quando Emily fala que Ali está viva para a namorada que tem uma treta homérica com o seu ex-crush. Ela ficou maluca? Paige foi totalmente desnecessária em pegar o envelope e partir para a chantagem, inconveniente demais. Emily, o coração mole, tinha que cair na dela, né?

 

O pior de tudo é ver Emily ser manipulada com o papo de Paige. Era óbvio que ela daria com a língua entre os dentes de qualquer forma, porque ela é a Pigskin e não perderia chance de sabotar Ali, ainda mais com uma informação tão preciosa. Bem quero que Emily descubra e acabe com esse relacionamento onde as duas partes possuem visões diferentes sobre o mesmo assunto. Tudo bem que concordei com Paige quando ela disse para a Ems que Ali ainda é uma sacana. Só a Emily para acreditar que a víbora encontrou o caminho da redenção.

 

A carência de Hanna também tem sido bem inconveniente. Ela estava ótima nos últimos episódios e foi reduzida a agradecimentos com beijinhos. Uma hora ela pede desculpa para Travis e no outro se joga para cima de Gabe. Tudo isso é solidão? Supera, gata!

 

O bom deste episódio é que a trama continuou bem fechada, tendo como foco Aria e Spencer. Ezra será um autor publicado muito em breve enquanto as duas liars não possuem equilíbrio emocional para lidar com tanta bagunça. Eu quero muito saber quem é o membro que sempre finaliza os episódios, pois chego a crer que não é mais Ezra.

 

Alguém acreditou que Aria simplesmente dirigirá sem rumo?

Stefs
Postado por:       

       
Aproveite para ler também
Escreva seu comentário antes de ir <3
  • Kamilla Evely

    Eu vi o episódio promocional e surtei. Só isso. haha Cara, a Spancer… não acredito. Me disseram que tão colocando muito na cara que "foi" a spancer. Mas sei lá… sei mais de nada. Somos duas que precisamos do próximo episódio. haha

  • heyrandomgirl

    Hey, Pâmella, tudo bem? Você pode procurar o link por torrent no Eztv.it e pegar a legenda no Legendas.TV. Espero ter ajudado.

    Beijosss!

  • heyrandomgirl

    Sério! Eu não sei mais o que pensar do caráter do Ezra Hahahahaha. E esse fulano que ainda fica escondido está dessa maneira desde a época que o professor foi supostamente colocado no "A" Team. Eu quero pensar no melhor dele, mas está cada vez mais difícil. O mesmo vale para a Spencer. Cê viu a promo do próximo episódio? Eu não tô podendo com ela mais, sério Hahahahaahha Tudo se encaixa e vai ficando mais claro. Seria épico se ela tivesse feito isso com a Ali, pois ela é a liar mais sujeita a fazer isso por nunca ter se dado 100% bem com ela, mas seria muita mancada, porque adoro ela. Gente, a Paige, ela podia dar um rolê, né? Desnececyrus! Hahahahahaha

    Preciso do próximo episódio para já! Hahahaha Beijos e obrigada pelo comentários *_*

  • Pâmella

    onde vcs conseguiram assistir o episódio??

  • Kamilla Evely

    Cheguei a pensar que A era Ezria, mas se é ele… mostraria a cara quando no outro episódio a Aria deixou cair os papéis e quando esses papeis foram queimados. Coisa que não mostrou. Mas cara, tô contigo nessa de não querer que ele é sacana, canalha que fez isso com as meninas. Principalmente com a Aria. :( Sobre a Spancer, não creio nisso. Não pode sabe? ai gente… kkk Pior que as peças vão se encaixando mesmo. :s Agora sobre Paige, eu fiquei passada com a atitude da Em. Aliás com nenhuma atitude tomada naquela chantagem da Paige, quase gritei com ela pra tomar vergonha na cara. Ok que Paige quer cuidar dela, mas me irritou bastante. Também creio que a Ali é uma sacana foi como falou lá, se ela tivesse mudado não teria fugido e fingido que estava morta por dois anos. E respondendo a sua pergunta, não. Não creio que ela dirigirá sem rumo… ela vai é atrás do Ezra. kk Ai gente, que ansiosidade pra ver o próximo episódio.