Menu:
07/mar

Ainda estou meio chocada com este episódio de The Originals. Eu sei que já elogiei demais a série, mas não custa dizer que está tudo tão perfeito que tenho medo que a qualidade despenque. Em meus momentos de reflexão, comecei a pensar sobre o que poderia estar reservado para a próxima temporada. Eu sei que é bem cedo para fazer profecias, mas TO é um seriado com foco familiar e, nos últimos episódios, o assunto tem dado muito caldo. Não dá para levar essas tretas para o futuro por mais que elas sejam incríveis.

 

Esta semana, Klaus continuou com a ideia de eliminar a irmã, Elijah levou de novo a trama nas costas (imagino até quando, pois Daniel trabalha em Saving Hope) e Rebekah tem se revelado uma personagem difícil de aturar. São nessas horas que volto a lamentar a ausência do Kol, da Esther e do Mikael, pois não sobra muita coisa a se fazer com os Originais que restaram. Uma pena que a ideia de eliminar os membros da família aconteceu em TVD, pois o dilema poderia dar uma ajudinha nos próximos capítulos da saga dos Mikaelson.

 

A série deu uma nova reviravolta e ganhou uma nova guinada. Mesmo debilitado, Klaus não deixou de organizar um plot para aniquilar Rebekah de uma vez por todas. Para que o desejo dele não soasse egoísta ao extremo, o híbrido explicou suas motivações para Camille dando continuidade ao flashback que começou na semana passada. Mikael não só veio atrás de Klaus para matá-lo, como afundou a cidade inteira em uma chacina. Saber da história do ponto de vista dele me fez perder qualquer respeito que eu tinha pela Rebekah. É rotina pensar que Klaus é sempre o culpado por tudo, mas, sério, a vampira foi muito cretina. Não é novidade para ninguém que o híbrido é um estorvo e um poço de egoísmo, mas acho que ninguém esperava que ele, em um momento de sanidade, daria a bênção para Rebekah e Marcel. Eu fiquei passadíssima! O pior foi saber a cronologia do tempo em que isso aconteceu, 6 meses depois que o feitiço de Genevieve foi lançado. Mikael chegou no momento errado para não dizer que foi certo, pois Nova Orleans celebrava a unificação entre vampiros e lobisomens.

 

Foi muito bom rever Mikael e relembrar o quanto ele desprezava Klaus por não ser filho dele. Essa parte é batida, mas não tem como não se perguntar até onde o líder dos Mikaelson levou esse ódio causado por Esther. O que chamou a atenção entre as cenas atuais e as do flashback foi quando Camille diz para Klaus que ele está prestes a se tornar como o pai dele por causa da ideia de matar e perseguir Rebekah, algo que Mikael fez com o híbrido. Foi bem legal o comparativo entre os personagens e não há como negar que os instintos assassinos, a teimosia quando se tem algo em mente e as atitudes implacáveis os tornam uma dupla familiar, mesmo contra a vontade deles. Mikael é um recorte antigo de Klaus e a cena final do episódio, onde ambos caminham em épocas diferentes atrás da presa, foi de arrepiar. Por mais que o híbrido renegue as semelhanças, ele tem muito do homem que o renegou.

 

Estou odiando a Rebekah neste presente momento. Sempre detestei esse “hábito” dela em ser enganada por homens toda hora e querem saber? Acho que começo a entender porque Klaus a impediu de ter qualquer relacionamento, pois tudo termina em burrada. Depois dessa revelação, não dá para julgar mais o comportamento egoísta do híbrido em poupar a irmã de se apaixonar. Eu fiquei bem revoltada quando Klaus relata o que aconteceu durante a chegada do pai, o incêndio, a fidelidade incondicional de Elijah e o fato dele notar que em meio a tudo aquilo Rebekah só pensou em Marcel. Tudo bem que ela agiu pelo fato de Klaus sempre sufocá-la, mas, para quem voltou atrás do feitiço tarde demais, Rebekah poderia ter demonstrado algum tipo de atitude a favor do irmão, mesmo que fosse falsa. A injúria do híbrido está completamente justificada e o mais triste é saber que Klaus e Elijah carregaram a culpa todo esse tempo. Não que Rebekah não tenha sentido nada, mas ela escondeu o segredo que agora custa a vida dela.

 

A parte boa do plot de Rebekah e de Marcel foi o retorno de Davina e o fim de Bastianna. Agora, só resta Genevieve, e ela terá que correr muito, pois não há nenhuma outra bruxa em que ela possa se apoiar.

 

Para quem estava com o score nas alturas, as bruxas não saíram vencedoras dessa vez e eu fiquei meio injuriada com a Celeste. Ela foi totalmente suprema no desejo de vingança contra Elijah, mas a ideia de dar ao antigo amante uma eternidade de solidão foi muito idiota. Destruir o lema Mikaelson não era o principal objetivo dela, mas anular qualquer possibilidade de Elijah encontrar um novo amor. A personagem não economizou na manipulação ao fazer o joguinho mental que o fez ver que perderia Hayley de qualquer maneira. Porém, tudo que vai volta, e o vampiro conseguiu dar um payback muito digno ao contaminar Monique, que ajudou a por fim na história de Celeste na trama. RIP, Suprema!

 

Elijah não me deixou tão feliz durante o episódio. Hayley não pensou duas vezes em ajudar a família dela ao fazer uma parceria com Sophie a alguns episódios atrás e lá vai ele devolver a poção feita por Celeste para a loba quebrar a maldição que paira entre os Crescentes. Celeste estava certíssima ao provocar determinadas escolhas de Elijah, pois isso serviu para moldar o caráter dele mais uma vez. Claro que ele merece ser feliz e tudo mais, mas não precisa ser otário. O Original satisfez a garota e, até certo ponto, ele engoliu alguns argumentos de Celeste ao abrir mão de Hayley de novo. Ele sabe que sempre haverá a família no meio de qualquer decisão que faça e foi assim que o episódio terminou, em um possível confronto entre os 3 Mikaelson que definirá o futuro de Rebekah.

 

Algo para refletir:

 

Agora que as bruxas se foram, há possibilidade de uma dor de cabeça vinda dos lobisomens? Afinal, Lana, a loba que ajudou na unificação de Nova Orleans tinha um envolvimento com Klaus e era uma Crescente. Haverá trégua mais uma vez ou uma briga para ver quem domina o Quarter?

 

Quando é que o padre Kieran soltará a franga? Acho que a storyline dele tem cara de season finale.

Stefs
Postado por:       

       
Aproveite para ler também
Escreva seu comentário antes de ir <3