Menu:
12/jul

11. Personagem que eu gostaria de saber mais da história.

 

Um dos meus sonhos é ver a Rowling empenhada em algo sobre a Era dos Marotos, este universo que me faz gastar energia até hoje. Toda vez que ela publica algo do trio quero arrancar meus olhos. Eles são chatos, já tem a história concluída, deixe-os viver! Eu não sou apegada a Harry, Rony e Hermione, e pouco me importa o que eles fazem/fizeram depois da batalha contra o Voldemort. Não foi com o Harry que a coisa toda começou, ué. A jornada do menino bruxo teve o pontapé inicial lá na década de 70, quando James Potter iniciou o seu 1º ano em Hogwarts e conheceu Sirius Black, Remus Lupin e Peter Pettigrew. Esse é o background que nos deu essa saga maravilhosa e que deveria ter um pouco mais de consideração.

 

Minha curiosidade sobre os Marotos é eterna. Eu tenho folhas e mais folhas com anotações sobre a timeline deles, com marcações e post-its, todas antigas e meio amareladas. Eu precisei disso, especialmente quando comecei a escrever sobre a 1ª Guerra (algo que está em andamento de novo porque eu preciso finalizar o que comecei há anos). A Era dos Marotos, bem como as outras Eras, fazia parte das profundezas do fandom de Harry Potter. Acredito que só quem teve muita vivência online, especialmente em fanfics e fóruns, compartilham desse amor e desse reconhecimento gritante.

 

Eu gostaria muito que Rowling voltasse atrás quando anunciou que não escreveria sobre eles, mas isso foi um sentimento da minha adolescência. Agora, prefiro que ela deixe quieto. A partir do momento que ela sentar para contar como foi a vida dos Marotos, automaticamente a magia de imaginá-los para escrever será aniquilada. Digo isso porque não consegui fazer mais nada sobre Harmony. Eu nunca consegui combater o que a Rowling criou. Eu sempre respeitei isso. No caso dos Marotos, não há confirmação de absolutamente nada, então, dá para brincar muito.

 

Eu fico muito feliz com o pouco que há sobre eles no Pottermore. Isso para mim já basta, pois Rowling deu detalhes que preenchem lacunas que incitaram a curiosidade durante o desenrolar da saga (como Remus e Tonks ficaram juntos, por exemplo). Eu não sei se estaria pronta para receber informações mais aprofundadas, pois sei que destruiria o que criei particularmente (e mentalmente) sobre eles. Ainda mais sobre Lily Evans que é minha princesinha, xodó, rainha, suprema e soberana do meu coração. Não suportaria se ela fosse uma versão ruiva de Hermione Granger. O que foi me dado em Relíquias da Morte sobre os Marotos fez meu coração parar na garganta de felicidade e de pânico, pois, depois de muito tempo, eu lia algo concreto sobre meus personagens que ocupam o pódio da lista de favoritos. Não sei se quero mais disso, entendem?

 

Incluir os Marotos, e até mesmo o Snape, em uma história com ricos detalhes seria o melhor presente que eu poderia receber, sem dúvidas, mas isso afetaria minha escrita. É, estou sendo egoísta. Tudo porque a cobrança dos leitores de fics é maior por quererem fidelidade junto à obra, e eu gosto de brincar com improbabilidades, como Sirius e Lily, ué.

 

Em outros tempos, responderia esta questão do desafio com a Minerva na cabeça, pois sempre tive muita curiosidade em saber como ela era no passado. Rowling me deu isso assim que minha conta do Pottermore foi liberada e eu quase enfartei porque foi muito perfeitinho. Outra Era que gostaria muito de saber é a dos Fundadores. Quando me envolvi em um RPG sobre ela, fiquei fascinada (e eu era da Corvinal. Vejam, sinais!). Esse é outro viés da saga que foi fomentado pelos ficwriters e fico apaixonada com as edits que encontro no Tumblr.

 

Aproveito para dizer que amaria saber mais dos Malfoy (óbvio!) e da família Black (por que não?). Já que a Rowling gosta tanto da Era Potter, só acho que ela deveria escrever sobre a vivência da Hermione como trouxa. Eu queria muito saber como era a rotina da bruxa antes e depois de Hogwarts, especialmente no período de férias. Queria saber se ela era gente como a gente, se tinha ao menos 1 amiga para fazer programas bobos de sangue-ruim. Seria bem formidável se Rowling soltasse algo desse tipo no Pottermore.

 

Eu sei que a tia Jo jamais destruiria a Era Marota, pois deu para notar em “A História dos Marotos” que a escritora tem o feeling para desenrolar esses personagens, especialmente James e Sirius que ficaram exatamente como imaginei. Contudo, prefiro que os Marotos fiquem dentro de uma caixinha. Intocáveis.

 

Amanhã o desafio continua com a seguinte questão: Shipper (casal) Favorito

Stefs
Postado por:       

       
Aproveite para ler também
Escreva seu comentário antes de ir <3
  • heyrandomgirl

    Eu não voltei a pegar nos livros e nos filmes e é algo que tenho ensaiado MUITO. Esse desafio tem sido difícil conforme ele avança, talvez, seja um meio de "superação". É como se Harry Potter tivesse me magoado, mas na verdade é uma ferida boa e bem profunda. Mesmo assim, ela machuca demais. É uma marca de honra, cuja história por detrás dela é dolorida. É muita tristeza, sério. =[

    Por isso mesmo que não quero que a Rowling toque em mais nada. Faça outra saga, sei lá Hahahahha

  • heyrandomgirl

    Sou mais Marotos em fanfics <3 O pessoal é mto mais criativo. Acho que a Rowling deixaria muito sério e formal, sendo que a magia dessa Era é a zoeira e a pegação, quase um Gossip Girl do mundo bruxo (ou pior porque a coisa toda é mto indecente) Hahahahahahaha

    Eu queria um spin-off da Hermione =[ Esse eu pagava pra ler.

  • Isis Renata

    eu tambéeem! também quero e não quero saber dos marotos
    tenho medo de saber e depois ficar triste com algo, então deixe isso nas mãos do fandom que tá lindo de viver.

    prima! saber mais da Mione seria tão unhai *-* será que ela era gente como a gente <3
    fica na imaginação too 😉

  • Mônica Oliveira

    Assino embaixo! É melhor deixar eles em paz e a nossa imaginação livre pra criar. Baixou uma parede no meu cérebro depois que o último filme foi lançado (aquele ponto final definitivo) e eu nunca mais consegui escrever nada sobre Harry Potter. Sem contar que era muito doloroso ficar remexendo naquilo, você mesma já falou sobre isso alguns posts atrás. Mas eu ainda, vez ou outra, dou uma olhada em fics antigas que eu ainda não conhecia (tipo as suas, que eu preciso criar vergonha na cara e terminar de ler!) e me jogo na Era Marotos de novo. É muito bom poder ter um gostinho desses personagens de novo.