Menu:
25/jul

24. Fanfic, Fanart ou qualquer coisa incrível que o fandom já fez.

 

Desde os primórdios, vi tantas coisas legais feitas pelo fandom potteriano.
Sem sombra de dúvidas, é meio impossível escolher um só item. Eu sempre tive ótimas referências, desde fanfics a fanarts, a parte da comunidade de fãs que mais me atraiu. Por meio dessas duas atividades, fiz muitos amigos, especialmente quando o antro do compartilhar era no fórum Potter Village, a minha casa até o fim da publicação dos livros. Foi lá que vi de tudo e mais um pouco e, claro, contribuí para o barraco não morrer. Saudades, PV, saudades…

 

No quesito fanfics, tenho que puxar o saco da Cassandra Clare (sim, gente, ela é a autora de Os Instrumentos Mortais). Essa mulher, além de ter dado vida ao meu shipper querido (Malec), entendera toda a dor de torcer por Harry e Hermione. Ela era uma das pessoas mais barraqueiras no grupo Harry Potter for Grown Ups e assinou a trilogia que era basicamente um dos passes obrigatórios dentro do fandom: a fanfic The Draco Trilogy. Quando descobri que ela assina TMI, quase tive um infarto do coração. Afinal, esse era o nickname dela no fandom, um detalhe que é impossível minha pessoa esquecer, mesmo depois de tanto tempo. Eu só tenho muito amor a oferecer pela escritora (e ela estará no Brasil na Bienal, todos morrem).

 

Eu tive muitas referências boas de fanfics nacionais, como as da Babi Evans (infelizmente, ela tirou todas do ar), a pessoa que me fez escrever sobre a Era dos Marotos. Ainda tem as da Silverghost e da Marmaduke Scarlet, uma gangue linda que representara muito bem James e Cia. Há muitos nomes que eu queria citar, mas minha mente velha não me ajuda (#drama).

 

Minha paixão por fanart é uma coisa irremediável. É algo que pago pau até hoje. Tina Lynn foi minha referência nos Marotos e a Gwendy em Harry e Hermione. Há outros potterheads que representaram muito bem esse job que sempre me deixou de cara porque não sei desenhar. Essas duas lindas são responsáveis pelas artes que mais me marcaram (foi difícil escolher porque tenho salvo um monte).

 

O que acho bacana no fandom HP é que muitos não abortaram a magia de inventar algo com base na saga, a fim de não deixar a cultura de fãs morrer. Já comentei aqui no blog sobre o Hogwarts is Here, até então o achado mais atual e encantador por causa de todo o empenho envolvido. Enfim, tudo que agrega comunidade de gente doida me chama atenção e dou amém pela existência do Tumblr.

 

Amanhã o desafio continua com a seguinte questão: Team Voldemort ou Team Harry

Stefs
Postado por:       

       
Aproveite para ler também
Escreva seu comentário antes de ir <3