Menu:
12/fev

Mais um daqueles episódios de Pretty Little Liars que nos ensinou nada. Gente, ainda não me conformo com toda essa atenção dada ao Mike, sério. Uma das coisas que sempre me incomoda na série é essa mudança brusca de determinados personagens, que vai desde semblantes tensos até olhares malignos, carregados de desprezo. Toby, Lucas, Ezra… E agora o menino Montgomery. Até Andrew fez parte desse teatro, cheio das olhadelas por cima do ombro, sendo que foi apresentado como um cara bem dócil. Sem dúvidas, a réstia dos avulsos só servirá para nos enganar e para incitar a impressão de que planejam algo aterrorizante contra as Liars.

 

Preparada para ser otária – de novo.

 

A encheção de linguiça vingou até a conclusão do episódio. Só os 10 minutos finais provocaram inquietação, mas nada mais que isso. Todas as meninas estavam focadas em projetos futuros e preocupadas com os respectivos relacionamentos. Quis morrer com Spencer sendo vândala por um dia, um detalhe que mexeu de novo com o pretexto dela de pular a faculdade para mergulhar na onda do Jonny. Já disse que não gosto desse cidadão, né?

 

Pois friso again!

 

Quem anda com Melissa não é de confiança. Lição de casa batida. Jonny me provoca amor e ódio, em rompantes seguidos, por ter sempre na ponta da língua argumentos válidos e propícios para esse respectivo momento da vida de Spencer. Ela está em dúvida sobre que caminho seguir. Um caminho que só tem como meta sair de Rosewood. Abandonar a ideia de faculdade só se tornou ainda mais atraente por causa desse instigador de sonhos que, no fim, mostrou ser o que não aparenta. Qual é a desse cidadão, afinal?

 

Sinto que a Liar está sendo rodeada por uma nova fraude de pessoa. O bom é que ela saiu um pouco do ambiente estressante e se desligou um pouco de Ali. Fazia tempo que não a via sorrir, com os olhinhos brilhantes e esperançosos de que algo na vida pode dar certo, apesar dos pesares. A primeira que será otária, assistam!

 

Quem me representou muito esta semana de novo foi Hanna. Ela tem me surpreendido. Depois de ter saído daquela vibe horrenda de roqueira quase incorrigível, a Liar está focadíssima nos próprios desejos, algo que me espanta porque Tanner não chegou a avisar que o sangue perto do barril é de Ali. A Liar nem parecia tensa por causa dos últimos acontecimentos e estava por fora do que rolava com Mike. Não a culpo. Alguém precisa agarrar o desejo de seguir em frente e ela foi a garota premiada com cartas de aceitação para faculdades muito boas. Não se pode perder tempo quando o ticket de ida está quase aí.

 

Um ticket que se perdeu. Hanna foi barrada para alegria de A. Como senti ódio daquele Sr. Marin. Cretiníssimo! Meu sangue subiu na testa com tamanho descaso. A maneira como ele a olhou, como se a filha não fosse genial quanto Kate, como se ela não fosse um tipo de pessoa digna de um futuro promissor… Nossa, fiquei com nojo! Quis entrar na TV e dar uns tapas na orelha desse senhor. Não aguento com as macacadas desse personagem e todo o embaraço que provoca na já complexada Liar. Adoraria ver Ted apoiando-a no concurso. Seria lindo!

 

E o que dizer do Ezra dando suporte? Quero um migs que nem ele para me consolar.

 

Hanna honrou o posto de rainha deste episódio ao impulsionar a mãe a falar com Ted. Fico passada como a personagem cresce ao invés de regredir por causa de Ali. Spencer é minha Liar nº 1, mas minhas semelhanças com a loira do grupo crescem cada vez mais. E isso é estranho porque nunca liguei tanto assim para ela, fato.

 

Vamos falar sobre Mike

 

Era óbvio que esse papo de doação de sangue daria em nhaca. Palco perfeito para A fazer um estrago. Só não era de se esperar que Mike fosse responsável por isso. Já estava bem conformada de que a participação dele como o sinistro da vez logo se calaria, mas Marlene acha graça dessa nova tentativa de mexer com nossas cabeças. Desde o começo desta segunda parte da temporada, está claro que o objetivo até o season finale é montar um caso perfeito contra as Liars. Porém, isso abre brecha para muita confusão, especialmente porque ainda pairam no ar dúvidas se Ali é A.

 

Se Ali não é A, quem mandou o bilhete sobre as futuras companheiras de cela? Se A não é Ali, como é que o sangue de Spencer, Hanna e Aria amenizará a pena na prisão? Essas questões dão um pouco de força para a suposta inocência de Gabe. Ele anunciou que haviam estragado a investigação depois de, subitamente, A ter sabotado o teste do polígrafo de Ali, causa da expulsão dele. Agora, tudo indica que Mike trabalha para a Rainha da Maldade. Uma impressão que pareceu verdadeira quando Cyrus entrou em cena – um cara que tem tudo para querer a ex-parceira de crime de mal a pior.

 

No encontro dos dois, ficou a questão: seriam mesmo os tubos de sangue das meninas naquele pacote? Tenho lá minhas dúvidas, pois Mike quase cedeu ao histerismo de Aria sobre o tal Hank. Se as meninas o pressionarem mais um pouco, acho que conseguem tirar algo dele.

 

Sinceramente, não quero acreditar que esse menino tenha mudado tanto, ao ponto de estar prestes a prejudicar a irmã. Toby fez o que fez para proteger Spencer. E Mike? Para mim, o personagem despirocou. Caso contrário, terá que ter uma explicação homérica sobre essa súbita mudança da água para o vinho. Pensando que é PLL, capaz disso nem acontecer.

 

De novo, voltamos à fase de PLL que nem tudo é o que aparenta. Mike estava perto do local onde os tubos estavam armazenados, mas quem garante que ele os pegou? Inclusive, tenho que dizer que, se isso aconteceu, que ridículo! Tão ridículo quanto o personagem largar o extrato bancário à mercê da vida e abandonar o celular por aí, ciente de que Ali ou quem for telefonaria. Não consigo acreditar em desleixo.

 

Outra pergunta é: quem era o ‘ela’ que esse Hank se referia? E a ‘coisa’ envolvida? A + sangue? Duvido muito.

 

Outra coisa: como é que, seja lá quem for, conseguiu inventar um nome masculino em uma penitenciária feminina ao ligar para Mike?

 

Está meio claro de que Mike norteará a história até o season finale. Não sei se fico feliz, porque o personagem nunca foi convincente. Toda vez que ele faz aquelas expressões de “sou um perigo”, racho o bico. O ator em si é muito fraco. Até o Lucas conseguiu me assustar mais!

 

No final do dia, A conseguiu a cereja do seu bolo, sabe-se lá como. Todas as peças de Mona estão banhadas agora com o DNA das meninas. Está certo que senti o desejo de destruir Hanna primeiro, especialmente por causa do vídeo dela com Caleb. Juntando o sangue de Ali, é fácil pensar que essa figuraça quer destruir a vida do antigo quinteto pra valer.

 

E isso arremata com toda a trama banal que assistimos esta semana. Toda trabalhada em romances, flertes, corações partidos e sonhos. As meninas querem sair de Rosewood, mas ficou claro de que A não deixará nada disso se tornar realidade.

 

Os outros plots

 

Emily só se mete em relacionamento furado, hein? Mas mesmo com a revelação da Talia, ela continua a ser minha favorita. Há uma tranquilidade entre as duas e fiquei feliz pelo tal segredo não ter nada a ver com Ali. Ao menos, não por enquanto. Adorei vê-las compartilhando as coisas também… Já shippo. Guilty!

 

Não pude com a Aria e o Andrew. Ele praticamente em cima dela, daquele tamanho… Quebraria a Lucy! Quero saber que hormônios são usados em PLL para os adolescentes serem tão baixinhos e tão bombados. A diferença dele e do Mike nas temporadas anteriores é berrante! Só sei que aprovaria uma ficadinha. A Liar precisa beijar outras bocas, para já!

 

Alguém sentiu saudade do Wren com o email que a Spencer mandou para a Melissa? E, gente, falando nela, onde está o pesadelo mor dos Hastings?

 

Emily é a única Liar que está limpa no cartório de A. Logo ela, a mais distraída, que se leva pelas emoções e que tem pontuação altíssima no ranking de mais otária. Está aí um desafio: a personagem provar que é mais que um romance.

 

Quero nem ver quando as roupas de Mona pararem na polícia. Gente, que dó!

 

Alguém me explica o que há com esses homens surtando, ganhando músculos e, subitamente, interessados nas Liars ou na Ali ou em A. Nossa, que chatice!

 

Que tal pisar no acelerador, hein?

Stefs
Postado por:       

       
Aproveite para ler também
Escreva seu comentário antes de ir <3