Menu:
03/abr

Então que chego aqui com uma novidade que não é tão novidade assim: só resenharei esta temporada de The Vampire Diaries. A situação pode mudar caso a CW decida que a S8 seja a última, mas acho muito improvável. Só fica The Originals #NãoVaiTerGolpe.

 

Essa não é a primeira vez que deixo uma série de lado. Supernatural seguiu pelo mesmo caminho (e ainda a amo), mas se tornou cansativa por não trazer tantas novidades (agora é entretenimento). Decisões como essa partem da sensação de repetição e o que aconteceu esta semana em TVD só me deu mais certeza de que é hora de abrir mão e apenas assistir sem gastar energia – e não posso perder o Paul de vista.

 

O retorno da série foi pontual e conseguiu segurar a qualidade de uma maioria de episódios quando pensamos nesta temporada. Como era de se imaginar, o ponto de partida foi a fuga de Rayna que nos deu um pouco mais da Armory ao mesmo tempo em que se preenchia o miolo dos 3 anos que ficou sem respostas – faltando o esclarecimento sobre Bonnie. A parte chata foi a pressão de correr contra o tempo porque imortalidade tem prazo de validade (?).

 

TVD-7x16---Enzo

 

Não estava tão errada em chamar Armory de nova Augustine, pois o foco é interromper o trabalho das bruxas com apenas uma pílula. Não é algo novo, mas reverso, como tudo que TVD tem feito para cantar vantagem e sem sucesso. Em contrapartida, essa história deu um brilho milagroso ao Enzo, o personagem que surpreendeu esta semana por causa do que sente pela Bonnie (e ainda não sou capaz de opinar). Até esqueci dos vários nadas que esse cidadão fez desde sua promoção a regular.

 

Sempre gostei de vê-lo como estrategista já que nunca chegou a ser vilão – e bem que tentaram com aquela vingança tosca e flopou lindo. Parece até que o amor lhe deu vida e gostei muito da negociação que custou meninas Nora e Mary. Ato que trouxe um tico de ação e de tensão sobre o que poderia acontecer com ele ao reencontrar Alex. Só não curti tanto meter o psicológico para cima do mozão Matt, pois é outro ponto que desgastou.

 

Rayna continuou a segurar a marimba e voltou a sambar. Tenho que dizer que concordo com muitos quando afirmam que essa personagem deveria estar em The Originals e não em TVD. A atriz tem mandado muito bem para ser babá Defan e não sei se gostei do fato dela se importar com Stefan porque aniquilou parte da brutalidade do gene caçadora. Como os protagonistas não podem morrer, nada como criar um elo místico emocional para impedir falecimentos.

 

No caso, fazer Stefan se desprender de Damon para sempre (de novo). Sério, como Defan se tornou a coisa mais chata dessa temporada? Não suporto mais Stefan chorando e Damon falando da Elena de um jeito que não orna com sua trajetória na série. Depender de ambos para manter esse universo está cada vez mais complicado sendo que deveria ser fácil considerando que não tem Santa Gilbert. Nem Klaus e Elijah passam por isso, gente.

 

TVD-7x16---Stefan-e-Rayna

 

Pensei que o jogo Defan seria diferente na S7, mas investem nessa de um ser o inferno pessoal do outro sendo que claramente nenhum desses personagens mudará. Rayna me representou ao berrar com Stefan e, de quebra, lhe dar um chute porque é revoltante (depois encheria Tefinho de beijinhos). Aos meus olhos, ambos deveriam estar unidos e não mergulhados em um drama inalterável.

 

Valerie foi maravilhosa nas verdades também, mas de que adianta se os escritores forçam a memória de Elena para separar esses dois? E sem motivo porque Stefan tá beijando muito?

 

Nunca achei que chegaria esse momento, mas estou farta do que andam fazendo com Defan por causa de uma personagem que não existe (Nina não quer voltar, então, Elena não existe). Ouvir Damon repetindo o mesmo disco sobre a Santa Gilbert tê-lo mudado (mentira!) e cantar que está mais sensato (sendo que é covardão) me deu dor de estômago. Rayna foi sacal em jogar na roda a decisão da transferência da cicatriz para testar a relação dos irmãos (ok que me perguntei “de novo”, mas vamos fingir que foi legal) e não me surpreendi quando o Salvatore arregou. Quem achou isso uma novidade está assistindo TVD completamente errado.

 

Nunca pensei que chegaria esse momento também, mas não aguento mais Stefan ser derrubado por causa de uma pessoa que já mostrou mil vezes que não lhe dá valor. Isso já saiu do que chamo de normal (e TVD ama platonismos e obsessões nada saudáveis e bonitas). Depois do último episódio, era de se esperar um Let it Go, até que rolou por motivos de Valerie, mas vê-lo retornar ao ponto de trouxa é frustrante.

 

Pior que nem tem como pensar positivo porque a série foi renovada e só há esses dois na série – e mais um ano em que o caixão da Santa Gilbert será o figurante desnecessário.

 

Por essas e outras que concordo com quem largou TVD porque não há mais evolução de personagem. Não há mesmo! O único que deu um mega salto foi Matt, mas ele não é influente por ser o efeito colateral. Empurram e empurram que Defan precisa desapegar um do outro, mas nada muda. Damon é a prova viva. Tenho certeza que se Nina tivesse confirmado retorno a transferência da cicatriz não teria chegado perto de rolar e Stefan seria esquecido como na S5.

 

Sobre Stefan e Valerie

 

TVD-7x16---Stefan-e-Valerie

 

Gostei, especialmente porque o fandom não teve nada a ver com essa união. Quero mais.

 

Damon tentou fazer um big deal sobre a omissão de Valerie, mas estou com ela. Teria feito o mesmo se a intenção era mantê-lo longe de Stefan (e para garantir jogaria o caixão para esse cidadão ir bater um papo com Tristan). Para evitá-lo, tudo é válido. Até eu contornaria o caminho das pessoas que amo do Salvatore problemático porque é só ele estar por perto que as nhacas rolam. Bizarro foi esse senhor rebater dizendo que a moça é insegura. Falou a pessoa que dormiu por 3 anos porque não suporta viver sem a namoradinha. Please!

 

Sério: há uns diálogos em TVD que não têm o menor cabimento e mostram a completa falta de controle do desenvolvimento dos personagens. Isso que simboliza minha morte terrível seguida de abandono de resenhar essa série. Não dá para bater na mesma tecla sendo que claramente nada mudará por ser confortável (ou porque o fandom quer).

 

Concluindo

 

TVD-7x16---Nora-e-Mary

 

Agradeço ao elenco feminino por ter suavizado este episódio. Por elas, tudo foi muito bom. Nem senti falta de Caroline e de Bonnie se querem saber, só me dei conta da ausência delas quando os créditos subiram. Isso que dá tornar as protagonistas em secundárias, as pontas fracas com histórias ainda mais fracas sendo que um dia foram aquelas que seguraram as marimbas tudo. Triste, mas é a pura realidade.

 

Nora foi uma estrelinha junto com Rayna. Ambas seguraram a tensão e a curiosidade de uma trama que depois de 3 anos continuou a girar em torno de Defan. O ritmo da caçadora não foi perdido e contou com algumas respostas considerando o que faltou ser mostrado/explicado antes do salto temporal. Dividiram bem o episódio, souberam priorizar, mas a motivação que empurrou os personagens nesse novo arco não me agradou tanto assim.

 

E chorei com Nora e Mary. Cobrei morte, morrida de verdade e TVD mostrou que ainda sabe fazer esse serviço. Deveriam investir mais. Embora Mary tenha mais me irritado ao longo da sua participação na série, não suportei a conclusão dessa história que ditou o adeus ao arco dos Heretics. Uma bela lição de sacrifício para quem nem teve 1 ano de série, enquanto Damon…

 

Caraminholas…

 

Sem a espada fênix, o que acontecerá? As “almas” de quem estava na pedra evaporaram e aí? O que se pode tirar de relevante é que Rayna estava realmente preocupada com o fato de ter que matar Stefan porque ele não merecia. Não tem como discutir com uma pessoa que prefere dar fim no Damon ao Salvatore-papel-de-trouxa. Só que ainda não gostei desse súbito amolecimento da personagem, mas o bom é que ela cumpriu “aniquilar” seu alvo recente.

 

Pela promo, Stefan perdeu a memória ou está sem, digamos, sua essência (Qetsiyah cadê você, querida?). Só o fato dele não se lembrar do Damon me deixa muito feliz, mesmo que seja temporário. Os stills do 7×18 até que me intrigaram porque quero saber que nhaca inventarão para salvar quem não deveria ter tomado nas costas de novo.

 

E o que Stefan fez contra a família de Matt? Não suporto essa criança chorando.

 

E o que Armory intenta em barrar o poder das bruxas? Bonnie não tinha sido impedida de usar seus feitiços quando pisou lá pela primeira vez e arrancou a mão do Enzo? Ficou um nó nesse quesito porque Mary flopou, o efeito em Nora passou rápido… Enfim.

 

Quero saber para que Enzo roubou as pílulas e o que diabos aconteceu com Bonnie. Provavelmente, a situação dela bate com Rayna durante o experimento.

Stefs
Postado por:       

       
Aproveite para ler também
Escreva seu comentário antes de ir <3