Menu:


Arquivo da categoria: 'Filmes'
27/abr
Acho sempre bizarro quando algum filme ou livro estala na minha mente em determinados momentos. Este foi o caso de A Vida em Preto e Branco (Pleasantville em inglês), um longa que fez parte da minha adolescência e que retornou para a minha vida adulta em um domingo chato,...
Stefs
Postado por:       

       
11/abr
  Maybe you’re living in my world. I’m not living in yours. You’re just material for my songs   Antes de propriamente começar, gostaria de dizer algumas palavrinhas a Random Boss. Sim, você mesma, Srta. Stefs Lima aka My Person.   Lembro claramente o dia que esta casa nasceu,...
Mari
Postado por:       

       
28/nov
Por ordem do plot da vida, vivi para ver mais um final de saga. Um momento que descobri ter o mesmo modo de operação: finjo que não é comigo para depois quebrar que nem uma criança chorosa porque não ganhou o presente que gostaria. A repetida experiência me fez...
Stefs
Postado por:       

       
24/jul
Gosto tanto de thrillers psicológicos. Não é à toa que gostei muito de Regressão (Mindscape, também conhecido como Anna), embora o final tenha me deixado a ver navios por esperar algo mais impactante. Este longa marca o debut do diretor espanhol Jorge Dorado e tem um plot que mistura...
Stefs
Postado por:       

       
06/mar
Sem dúvidas, Simplesmente Acontece entrou para minha lista de filmes queridos. Algo que não é de se surpreender, pois os últimos longas estrelados pela Lily Collins têm um carinho muito especial no meu coração, como Ligados pelo Amor (Stuck in Love). Dessa vez, ela assumiu a protagonista, Rosie Dunne,...
Stefs
Postado por:       

       
20/fev
Selma: Uma Luta Pela Igualdade (Selma) é um filme que merecia todos os prêmios e ver as esnobadas nas premiações foi meio revoltante. Este é aquele tipo de obra-prima cinematográfica que não economiza em nada na dramatização e faz quem assiste se sentir desconfortável na própria pele. É aquele tipo...
Stefs
Postado por:       

       
11/fev
Gosto muito de filmes que deixam um gosto amargo na garganta e oportunizam uma sinistra pausa para reflexão, ao ponto de nos fazer rebobinar alguma fase da vida. Foi isso o que aconteceu comigo quando terminei de assistir Livre (Wild), estrelado por Reese Witherspoon. Jean-Marc Vallée é quem o...
Stefs
Postado por:       

       
1234... 9»