Menu:


Arquivo da categoria: 'No Campo de Centeio'
23/ago
Esta não é uma cartinha do mês. Na real, é um desabafo tremendo. Não digam que não avisei!   Durante vários meses, eu tentei cumprir um especial sobre o livro da Anna Kendrick. A ideia era refletir sobre meus quotes favoritos, mas não conseguirei fazer isso na prática. Porém,...
Stefs
Postado por:       

       
13/nov
Em algum momento da minha vida, mais precisamente em 2012, li e resenhei O Ano da Leitura Mágica. Um livro que, com a passagem do tempo, acreditei que se manteria esquecido na minha estante, na companhia de tantos outros. Bem, não foi o caso, pois, em fins de março...
Stefs
Postado por:       

       
01/jun
Se você não leu o livro, não leia o post. Tem spoilers (tipo, contar quem é o assassino).  Recentemente, terminei de ler A Garota no Trem, assinado por Paula Hawkins, e me pergunto até agora qual é desse buzz todo. Sinto-me a diferentona por não ter gostado desse livro...
Stefs
Postado por:       

       
17/set
Todo mundo sabe que amo O Apanhador no Campo de Centeio, livro de J.D. Salinger, e sempre que possível dou uma revisitada. Hoje é esse dia, mas focarei em Holden Caulfield, o personagem principal dessa obra – que se você não leu, por favor, compareça.   Nas minhas passeadas pela...
Stefs
Postado por:       

       
20/jan
Gente, que livro. Mas preciso começar já logo avisando que não tem o mesmo efeito em todos. Não importa se você gosta de Harry Potter (porque, né), gosta de YA ou gosta demais de alguma série/universo. Nada disso vai fazer diferença se você nunca escreveu, ou pelo menos leu...
Mônica
Postado por:       

       
20/jan
Quando peguei A Menina que Roubava Livros para reler, me vi em um novo momento mágico de retirar um título antigo da prateleira. Ele estava meio empoeirado, encontrei uma manchinha de tinta azul na capa e, conforme lia, algumas páginas estavam meio amassadas. Eu deveria ter surtado com isso,...
Stefs
Postado por:       

       
09/out
Desde que li e assisti As Vantagens de ser Invisível, não tive coragem de escrever absolutamente nada sobre ele, talvez, por extrema covardia. No meu último dia de férias, resolvi tomar coragem para assistir de novo a adaptação do livro de Stephen Chbosky, dirigido e roteirizado por ele. O...
Stefs
Postado por:       

       
12