Menu:
12/jan
Por trás de um grande filme, existe um grande diretor. Porém, o termo “grande” não implica o significado comumente aplicado em Hollywood. Grande aqui se equivale a autêntico e posso dizer que Edgar Wright gradativamente se transforma em um promissor diretor de sua geração.   Aficionado por filmes de...
Mari
Postado por:       

       
10/jan
Antes tarde do que nunca, eis o texto sobre o especial de Natal de Doctor Who e que especial de Natal não é? Sempre quando rola a pausa da série, rumo ao final do ano, vem aquela sensação de que se passaram 84 anos de um ínterim de tempo...
Stefs
Postado por:       

       
08/jan
Em nome do amor e da justiça (porque sigo firme no mood Sailor Moon), chego aqui com o post que anunciará o tema deste ano.   (e este texto tem mais algumas explicações que prometi dias atrás).   Como já contei neste site, uma das grandes batalhas da minha...
Stefs
Postado por:       

       
06/jan
Parece que o hiatus de Chicago Fire durou uma eternidade. Nem eu mesma acreditei que a série retornaria sem dar tempo da virada do ano esfriar e cá estamos. E que situação, hein? Não que eu estivesse muito empolgada, algo que realmente não estava visto a conclusão do 6×06....
Stefs
Postado por:       

       
03/jan
Herow, preciosos! Passaram-se 84 anos entre o tempo e o espaço para chegarmos a este momento que seria: adeus teias de aranha deste satélite chamado Hey, Random Girl. Mas, antes de tudo, feliz 2018! Estou bem feliz de retornar ao lar (e dessa vez é pra valer, toda trabalhada...
Stefs
Postado por:       

       
05/dez
Scrappy Little Nobody entrou na minha lista de releituras para o futuro. Ele deixou um buraco maior em comparação ao criado após a leitura da autobiografia da Sara Bareilles, verdade seja dita. Reação que me deixou surpreendida mais uma vez porque, como já contei aqui, esse gênero não é...
Stefs
Postado por:       

       
02/dez
Pensei seriamente se deveria escrever este texto por motivos de Jason Beghe. Acabei por acatar tal decisão, depois de brigar muito com meus neurônios, e cheguei à conclusão de que não farei mais as resenhas de Chicago P.D.. Depois do que caiu na mídia e de experienciar a trama...
Stefs
Postado por: