Menu:


Arquivo da categoria: 'Stephen King' Arquivo da tag 'Stephen King'
03/ago
  Ouço todos os meus amigos perdidos e seus pais perdidos murmurando para mim. Murmuram junto ao próprio respirar da Torre.   É hora de ser sincera. Eu terminei de reler A Torre Negra há quase seis meses, mas fiquei tão abalada e não consegui escrever esta resenha para...
Mônica
Postado por:       

       
13/jul
  Obs: Muitos, muitos, muitos spoilers.   Se você falar mais uma vez no ka, juro que minha cabeça vai explodir.   Dando sequência ao ritmo mais acelerado com que Lobos de Calla terminou, Canção de Susannah faz o link entre o quinto volume e o final da série...
Mônica
Postado por:       

       
25/maio
Nosso negócio é chumbo.   E chegamos em Calla! Mas antes de começar a obra-prima, o King faz um recap de todos os acontecimentos até então. O que é importante gravar é que ele dá subtítulos para todos os livros, marcando-os com nomes que representam os volumes no esquema...
Mônica
Postado por:       

       
29/abr
There’s nothing like stories on a windy night when folks have found a warm place in a cold world.   Esse livrinho fofo que foi lançado em 2012 tem o gostinho daquele último brigadeiro da festa. Sabe, quando a festa já acabou e você já morreu de comer os...
Mônica
Postado por:       

       
24/mar
Bem, sobre o Kansas não tenho muita certeza – disse Oz –, pois não faço a menor ideia pra que lado fica… – L. Frank Baum “O Mágico de Oz”   Então entramos no quarto capítulo desta história que se passa quase inteiramente no passado, quando Roland tinha apenas...
Mônica
Postado por:       

       
11/nov
Um monte de imagens quebradas, onde bate o sol, E a árvore morta não oferece abrigo, nem o grilo, alívio, Nem a pedra seca, barulho de água. Só há sombra sob esta rocha vermelha (Vem para a sombra desta rocha vermelha), E eu te mostrarei uma coisa diferente de...
Mônica
Postado por:       

       
19/out
Dando sequência à jornada do Roland em busca da Torre, A Escolha Dos Três (The Drawing of the Three) foi publicado em 1987 e chegou ao Brasil em 2004. Indo contra o que eu disse na última resenha, este volume não traz uma citação na abertura; começamos direto com...
Mônica
Postado por:       

       
12